Em plenário, o deputado estadual Coronel Telhada criticou texto que circula em redes sociais, que indica, erroneamente, policiais cadeirantes como os acusados pelo assassinato de Marielle Franco. Elogia e destaca os PMs afetados pela fake news, membros da APMDFESP – Associação dos Policiais Militares Deficientes Físicos do Estado de São Paulo. Assista abaixo.